Inep confirma aplicação digital no Enem 2020

Inep confirma aplicação digital no Enem 2020. Conforme foi divulgado na rede social do Inep – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira a instituição analisa aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio por mídia digital, ou seja, eliminando o caderno de questões por papel. Contudo, aparentemente será opcional, mas já em 2026 será o fim da aplicação em papel.

O Ministério da Educação – MEC também manifestou através das redes sociais. Conforme foi divulgado, o Inep não irá comprar computadores ou tablets para aplicar o Enem 2020. A princípio terá como base o Enem regular onde o instituto contrata uma empresa aplicadora. Neste artigo vamos apresentar as novidades do Enem digital.

O principal foco do Inep juntamente com o MEC é diminuir os gastos com o exame referentes a impressões e logísticas, onde em 2019 superaram os R$500 milhões. Embora apesar da economia, acreditasse que a taxa de inscrição do Enem 2020 permanecera em torno de R$80,00. Vale lembrar que atualmente este valor é de R$85,00.

Novidade no Enem 2020

Conforme foi divulgado por  Alexandre Lopes, no ano de 2020 o Enem Digital será opcional, assim não terá uma economia imediata, pois ainda terá a impressões das provas. A aplicação de 2020 ocorrerá em modelo-piloto.

Como será a aplicação-piloto, o Inep aceitará somente 50 mil pessoas em 15 capitais do país. Desse modo, o Enem 2020 digital será disponibilizado somente as seguintes capitais:

Imagem Inep confirma aplicação digital do Enem 2020

  • Belém – PA;
  • Belo Horizonte – MG;
  • Brasília – DF;
  • Campo Grande – MS;
  • Cuiabá – MT;
  • Curitiba – PR;
  • Florianópolis – SC;
  • Goiânia – GO;
  • João Pessoa – PB;
  • Manaus – AM;
  • Porto Alegre – RS;
  • Recife – PE;
  • Rio de Janeiro – RJ;
  • Salvador – BA;
  • São Paulo – SP.

Já em 2021 o Inep avalia fazer duas aplicações, em datas distintas, agendadas previamente e também opcionais. Até a edição 2026 o Enem digital irá passando por testes e aprimoramentos.

De acordo com o ministro, a aplicação do Enem 2020 digital permanecerá sendo em dois domingos, eventualmente nos dias 11 e 18 de outubro. Outra grande notícia é que o resultado será apresentado de forma conjunta.

Portanto o Enem 2020 será aplicado em três versões: Digital, regular e a reaplicação. Antes de mais nada, a reaplicação só será disponibilizada para estudantes prejudicados por algum problema logístico ou de infraestrutura durante a aplicação digital. Desse modo, o candidato fará uma nova prova, certamente desta vez em papel.

Eventualmente com a nova alteração no exame é avaliada a aplicação de questões com vídeos, infográficos e até com a lógica de games.

Matérias do Enem 2020

A aplicação digital é um grande avanço na educação, contudo, muitos educadores acreditam que algumas escolas brasileiras não estão preparadas para receber esta novidade. As principais críticas são referentes as salas de informáticas das escolas. Contudo, o presidente Jair Messias Bolsonaro opinou em sua rede social que o exame usará sistema já testados em outros países e que o Brasil tem sim tecnologia e segurança para aplicar o exame.

Certamente o exame terá algumas alterações nas áreas específicas na qual é estudada no ensino médio. Contudo, não teve nada confirmado pelo Inep além de questões com vídeos, infográficos e até com a lógica de games.

Atualmente as provas do Enem são elaboradas com 180 questões de múltiplas escolhas, decerto somente uma é a correta. As provas permanecerão sendo aplicadas em dois domingos. Caso permaneça com a mesma matriz, terão as seguintes matérias do Enem 2020:

  • Dia 11:
    • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias / Redação: Literatura, Língua Portuguesa, Artes, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Educação Física e Tecnologias
      da Informação e Comunicação;
    • Ciências Humanas e suas Tecnologias: Geografia, História, Filosofia e Sociologia
  • Dia 18:
    • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Física, Química e Biologia
    • Matemática e suas Tecnologias: Certamente será cobrado somente matemática, mas abrangerá operações com frações; Porcentagem; Análise de Gráficos e Tabelas; Estatística e Probabilidade; Relações entre grandezas; Geometria; Conversão de unidades; Combinatória Básica; Escala; Função afim.

As inscrições permanecerão sendo feitas através do portal do Inep pelo endereço eletrônico https://enem.inep.gov.br.

Curta e compartilhe a página do Instagram Guia do Enem e fique por dentro de todas as novidades.